Acontece nos Fóruns

Secretaria de Governo inaugura Ciclo de Debates sobre Relações Internacionais

Diálogos Sociais foi o primeiro tema abordado e reuniu representantes de cinco secretarias. Outros debates vão acontecer entre novembro e dezembro

Imagem ilustrativa

A Secretaria de Estado de Governo, por meio da Assessoria de Relações Internacionais (ARI), inaugurou nesta sexta-feira (11/11) o Ciclo de Debates do evento Diálogos Internacionais, que consiste em debater as relações existentes hoje no Estado e que são realizadas isoladamente por cada secretaria ou órgão.

O encontro ocorreu na sede do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em Belo Horizonte, e teve como primeiro tema “Diálogo Sociais”. O objetivo do debate é aumentar a interação entre as áreas de relações internacionais no Estado e, deste modo, discutir as ações em curso, compartilhar experiências e criar um ambiente prospectivo de novas ideias.

Durante a abertura do debate, o assessor da ARI, Pedro Braga, explicou que neste primeiro momento a ARI vem com a proposta de trazer uma reflexão para as secretarias. Segundo ele, ao compartilhar experiências e incentivar todos os órgãos a atuarem internacionalmente, o governo tornará mais acessível a construção de diretrizes para a realização de uma ação integrada.

“Desde o início do ano passado nós estamos criando o programa de internacionalização de Minas Gerais, com a vertente chamada Internacionalização Regionalizada, que busca, de fato, induzir o processo de internacionalização do Estado e de todos os seus diversos atores. Neste sentido, o objetivo central deste encontro foi entender o que Minas Gerais tem feito de relações internacionais, o que cada secretaria tem desempenhado. Acreditamos que a Relações Internacionais é um elemento que, se trazido para as políticas públicas, agrega muito valor”, afirmou, ressaltando que a proposta dos Diálogos Internacionais surgiu após a primeira fase do Programa de Internacionalização Regionalizada, em parceria com os Fóruns Regionais de Governo.

Para este primeiro momento foram convidados a superintendente de Diálogos Sociais da Secretaria Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Neila Batista e o artista, cantor e compositor Flávio Renegado.

Para Neila, Minas Gerais ainda tem muito a avançar no que diz respeito às discussões voltadas para a área. Entretanto, ao promover o debate, o Estado abre novos caminhos, com a possibilidade de estabelecer relações de proximidade e tentativas de construção conjunta em uma série de ações em torno das políticas que são de responsabilidade de órgãos estaduais.

“Esta iniciativa de tentar unir todos que estão no Governo e que, de alguma maneira, têm ações tímidas, iniciais e sem grandes resultados, pode representar caminhos muito significativos. O desafio é imenso, mas acho a iniciativa muito boa e precisamos ampliar isso”, explicou Neila.

Durante sua explanação, Flávio Renegado elogiou a iniciativa e ponderou a necessidade de ampliar cada vez mais a discussão sobre o tema. “Este tipo de debate é importantíssimo para podermos conectar-nos cada vez mais com o mundo e ampliar os diálogos. Mas, mais do que isso, quando você se propõe a fazer esta discussão, você consegue entender a dimensão dos projetos que já estão sendo feitos”, disse.

Participaram também da discussão representantes das secretarias de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese); Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac); Cultura (SEC); Governo (Segov), além do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas).

O próximo tema a ser discutido no Ciclo de Debates será “Diálogos Econômicos”. O evento está programado para acontecer no dia 18/11, de 9h às 12h. As demais temáticas são: “Diálogos de Sustentabilidade” (previsto para acontecer 25/11), e “Diálogos de Ensino”, que deverá ser realizado no dia 2/12. Todos os encontros acontecerão na sede do BDMG.