Acontece nos Fóruns

Governo de Minas Gerais vai certificar propriedades que cultivam frutas

Programa Certifica Minas Frutas irá começar no Norte de Minas, Zona da Mata e Sul do Estado

Imagem ilustrativa

Um novo programa do Governo de Minas Gerais dará início neste ano ao processo de certificação de, pelo menos, 120 propriedades produtoras de frutas. A ação faz parte do Certifica Minas Frutas, criado com o objetivo de incentivar a utilização de boas práticas agrícolas, além de atender à demanda dos consumidores, que estão cada vez mais exigentes, em busca de alimentos saudáveis.

O Certifica Minas Frutas foi lançado no final do ano passado pela Secretaria de Estado de Agricultura Pecuária e Abastecimento (Seapa), em parceria com a Emater-MG, Epamig e o IMA. A metodologia é a mesma já utilizada com sucesso no Certifica Minas Café, que conta com mais de 1300 propriedades certificadas no Estado.

“Os produtores que aderirem voluntariamente ao programa receberão assistência da Emater-MG para preparar a propriedade de acordo com uma série de boas práticas agrícolas. Em seguida, a propriedade passará por uma auditoria feita pelo IMA. Se for aprovada, o agricultor recebe um selo chancelado pelo Governo de Minas Gerais, que ele poderá utilizar na hora de comercializar a produção. A fruta proveniente de uma propriedade certificada poderá ter mais valor no mercado, devido à agregação de valor de um produto diferenciado”, explica o coordenador estadual de Fruticultura da Emater-MG, Deny Sanábio.

Para obter o selo do Certifica Minas Frutas, o produtor interessado deve seguir um checklist com mais de 100 itens, que vão desde o uso de mudas sadias, até a proteção de nascentes na propriedade e o respeito à legislação trabalhista.

O selo tem validade de um ano. Para ser renovado, a propriedade precisa passar por nova avaliação dos auditores. “Este tipo de certificação para a fruticultura é uma demanda que surgiu do próprio setor, por causa do aumento das exigências dos consumidores”, afirma o coordenador da Emater-MG.

Ações em 2017

Deny Sanábio explica que, em 2017, o programa dará prioridade às regiões Norte, Sul e Zona da Mata, que são grandes produtores de fruta no Estado. Mas propriedades de outras regiões também poderão participar.

“Acreditamos que a demanda será maior para propriedades que cultivam banana, abacaxi, laranja e morango, pois temos uma grande produção destas frutas no Estado. Por outro lado, já verificamos que produtores de frutas como a amora-preta, apesar de ainda pouco cultiva em Minas, tem grande interesse neste tipo de certificação”.

A partir de maio, cerca de 60 técnicos da Emater-MG, além de fiscais do IMA, passarão por uma capacitação específica para o programa. Em seguida, o Certifica Minas Frutas será divulgado para os produtores, que também passarão por um treinamento.

“A assistência técnica da Emater-MG nas propriedades familiares será gratuita. Para fazer a auditoria do IMA, será necessário pagar uma taxa no valor de aproximadamente 10% do que é normalmente cobrado por outras auditorias no mercado”, diz Sanábio.

Segundo o coordenador da Emater-MG, o tempo que se leva para conseguir a certificação depende muito da situação da propriedade, dos ajustes que precisam ser feitos e do envolvimento do proprietário. “Tem propriedade que poderá conseguir o selo em poucos meses. Outras levam um ano ou mais”, afirma.

Fruticultura em Minas Gerais

Minas Gerais se destaca na produção de várias frutas. O Estado lidera o cultivo de morangos, com uma colheita anual de aproximadamente 75 mil toneladas. A maior parte das lavouras está na região Sul, que responde por mais de 80% do que é produzido em Minas.

A bananicultura também se sobressai na agricultura mineira e participa com 11,4% da produção nacional, com 796 mil toneladas, atrás apenas da Bahia e de São Paulo. Os municípios com maior produção de Minas estão na região Norte, mas a produção no Sul também é significativa.

Já a produção de abacaxi está concentrada no Triângulo Mineiro, de onde saem 94% do que é colhido no Estado. Minas Gerais produz cerca de 280 milhões de frutos por ano. É o terceiro maior produtor nacional, 14,9% da produção brasileira.

Minas também é destaque na produção de citros. Tanto na produção de laranja (889 mil toneladas) quanto na de limão (110 mil toneladas), o Estado ocupa segunda posição no país.

Fonte: Agência Minas